Informações ao paciente

logo2

A síndrome do piriforme acontece quando há um encurtamento ou alteração na anatomia no músculo piriforme, o que acaba irritando o nervo ciático. A relação entre os dois ocorre justamente pelas duas estruturas estarem próximas, já que o músculo fica em uma região profunda do glúteo. Os sintomas da síndrome do piriforme podem envolver dor no nervo ciático, formigamento e sensação de choque na perna.

Existem sete tipos de prótese de quadril, feitas para substituir áreas lesionadas em uma das regiões mais importantes para a sustentação do corpo, seja ao ficar de pé ou sentado. Cada uma serve para um tipo de operação, e o médico ortopedista, juntamente com o paciente, irá optar pela melhor opção. Abaixo, veja cada uma delas.

Você já sentiu ou sabe o que é uma fisgada na virilha? É um incômodo na parte interna das coxas. A dor é comum em atletas ou em pessoas sedentárias que praticaram esportes sem os devidos cuidados, como se alongar e aquecer antes do treino. Apesar de existirem alguns músculos na região, os adutores são os mais comuns em termos de lesões.

Normalmente a fratura por estresse é originada por uma ação repetitiva, que gera uma sobrecarga no osso normal e, consequentemente, uma fratura. Quase sempre é uma lesão simples, principalmente em atletas.

A fratura exposta acontece a fratura do osso entra em contato com o ambiente externo por meio de uma ferida/corte na pele. Este tipo de tem uma chance maior de ficar infectada, se medicamentos antibióticos não forem aplicados em um curto espaço de tempo.