Informações ao paciente

logo2

O futebol é um esporte capaz de gerar uma série de lesões, isso porque além do esforço físico feito para correr e fazer as jogadas, ainda há questões como o impacto entre os jogadores e traumas que podem acontecer ao cair no chão ou durante colisões. E quais são as lesões mais comuns no futebol?

lesoes comuns no futebol

De acordo com um estudo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), 72% das lesões ocorrem nos membros inferiores, sendo que 34,5% envolvem a coxa, 17,6% o tornozelo e 11,8% o joelho. As causas que mais tiram jogadores de campo são:

- Lesões musculares: 39,2%

- Lesões por choque entre jogadores: 24,1%

- Entorses: 17,9%

- Tendinites: 13,4%

Além dessas, pode haver lesão por sobrecarga durante o treino, fraturas por estresse, e as fraturas completas, que não são tão comuns, entre outras. O tratamento feito no ato de lesões musculoesqueléticas é chamado de PRICE: proteção, repouso, ice (gelo), compressão e elevação. O objetivo é reduzir o sangramento na área lesionada.

O médico ortopedista será o responsável por analisar o grau da lesão, por meio de exame clínico e exames complementares como os de imagem. Com isso ele poderá encaminhar o atleta para o melhor tratamento.

Entre em contato para uma avaliação detalhada e diagnóstico preciso!